MINISTÉRIO DA CULTURA  apresenta

Compartilhar

Sinopse

Daniel de Castro Gonçalves nasceu com uma deficiência que nenhum médico foi capaz de diagnosticar. No documentário pessoal “Meu nome é Daniel”, o jovem cineasta residente no Rio de Janeiro traça o caminho de sua vida para tentar compreender sua condição. Enquanto narra por cima de imagens de arquivo em Super-8 e VHS, bem como registros digitais mais recentes, ele e nós assistimos a uma pessoa com músculos contorcidos reunindo forças para enfrentar a baixa auto-estima. Daniel compartilha como, com a ajuda de sua carinhosa família, ele conseguiu adquirir auto-orgulho e entender o quão singularmente ele habita a si próprio.

Trailer

Direção

Daniel Gonçalves tem 34 anos e mora na cidade do Rio de Janeiro. Dirigiu os documentários “tem bala aí?” (2008, 17′), “Luz guia” (2012, 13′), “Como seria?” (2014, 3′) e “Pela estrada afora” (2015, 14′).  “Meu nome é Daniel” é seu primeiro longa-metragem.

Outros filmesver todos os filmes

Newsletter

Cadastre-se e mantenha-se informado sobre tudo que acontece no Olhar de Cinema.