MINISTÉRIO DA CIDADANIA, GOVERNO DO PARANÁ E COPEL apresentam

Sinopse

Enquanto máquinas enormes perfuram a terra para extrair riquezas minerais, ao seu redor vidas seguem com seus cotidianos ao redor de uma existência cheia de rituais mecânicos e de pequenos momentos de intensa humanidade. Estreando em longas depois de uma carreira marcante em vários curtas, Afonso Nunes aprofunda uma pesquisa entre as linguagens da ficção e do real, demonstrando um olho especialmente atento para a geografia humana e sua relação com o espaço à sua volta.

Trailer

Direção

Afonso Nunes Realizador desde 2001. Produtor, diretor e roteirista dos filmes de curta-metragem: ‘Filhos de Adão’ (2001), ‘A Idade do Homem’ (2004), ‘Sentinela’ (2007), ‘Um Sentido Bélico Para as Coisas Belas’ (2011), ‘Desvio’ (2019) e de longa metragem: ‘A Cor Branca’ (2019). Produtor associado dos filmes: ‘Diário do Não Ver’ (2013) e ‘Foro Íntimo’ (2017).


Newsletter

Cadastre-se e mantenha-se informado sobre tudo que acontece no Olhar de Cinema.