MINISTÉRIO DA CIDADANIA, GOVERNO DO PARANÁ E COPEL apresentam

OFICINAS // Inscrições Abertas

Já estão abertas as inscrições para as OFICINAS do 8º Olhar de Cinema.

As inscrições são Gratuitas e abertas a todos! Esse ano as oficinas foram especialmente programadas para quem ainda conhece pouco de audiovisual. Por isso, elas têm um conteúdo de introdução ao assunto abordado.

 

A outra história – cinema brasileiro como gesto poético e político

Ministrada por Hernani Heffner

O brevíssimo curso de história do cinema brasileiro aqui proposto vai examinar o papel da produção de imagens em movimento no contexto da evolução do brasil republicano, como país capitalista, agro-industrial-exportador, com pretensões ao desenvolvimento socioeconômico e atravessado por enormes desigualdades, centralismo político e diversidade cultural. Particularmente, vai examinar manifestações cinematográficas e audiovisuais que recusaram o alinhamento ao poder, e mais do que isso, questionaram fortemente o engajamento em projetos eufóricos, redentores ou utópicos, resultando muitas vezes em um olhar “anti-moderno”, resistente à real transformação. Investigará o papel da poesia como instrumento de conhecimento da realidade, através da formulação de sensibilidades disruptivas frente ao mundo brasileiro imediato. Privilegiará a visada estética como forma de acesso ao discurso político dos filmes, entendendo a armação discursiva como um conjunto de escolhas e sobretudo de experimentações reveladoras de um real mais complexo do que as generalizações, clichês e reducionismos históricos propõem ao público.

 

O trabalho da atriz e do ator: TV e cinema

Ministrada por Michelle Pucci

A oficina se divide em quatro fases.
1- Reconhecimento: falar de si, ouvir a si mesmo e o outro. Ressignificar.
2- Despressurização:  rápida investigação do corpo (ossos, coluna vertebral e voz)
3- Práticas I – A relação com outro corpo. Diálogo, sustentação do silêncio, presença no set de filmagens e testes de elenco. A arte da esperar sua vez de atuar.
4- Práticas II – A relação com o outro em cena, neste ponto incluindo a sensação da presença do olhar da câmera, do diretor e equipe técnica .

 

Entendendo o documentário

Ministrada por Guto Pasko

A oficina vai focar em mostrar as diferenças que existem entre reportagem e documentário, os tipos de documentários que existem e as principais características e diferenças entre eles e a estrutura um projeto de documentário, a partir de estudos de caso da produtora GP7.

 

Para se inscrever, veja o passo a passo que preparamos:

Compartilhar

Newsletter

Cadastre-se e mantenha-se informado sobre tudo que acontece no Olhar de Cinema.