Sinopse

A cidade brilha e parece saber tudo sobre Jaiane (interpretada por Shirlene Paixão), filha de Iansã que chora e ri na mesma cadência. Já de Aissa (Welket Bungué), moçambicano que viverá dias inesperados na capital capixaba, ela nada sabe. A tranquila ousadia narrativa e as imagens luminosas proporcionam o melhor dos mundos ao calor gostoso dos personagens – e assim descobre-se que, nessa Vitória, o tempo livre é o tempo dos encontros que abafam as desordens do coração com a cervejinha na mesa do bar, a roda de samba, o banho de mar, o flerte, a dança, os beijos… *(L.B)

Vídeos

Direção

Bernard Lessa

Realizador de cinema com base em Vitória, ES. Realizou os curta-metragens "Tejo Mar" (2013); "Sopro, Uivo e Assobio" (2015) e "A Casa Térrea" (2017), exibidos em importantes festivais brasileiros. "A Mulher e O Rio" (2019), seu primeiro longa-metragem, estreou no 52º Festival de Brasília. "A Matéria Noturna", seu segundo longa, foi premiado como melhor filme na Mostra Futuro Brasil, do 52º Festival de Brasília. Atualmente, está na pré-produção de seu terceiro longa, "O Deserto de Akin".

Créditos

Produção

Eduardo Cantarino, Vitor Graize, Bernard Lessa

Roteiro

Bernard Lessa

Elenco

Shirlene Paixão, Welket Bungué, Altamir Furlane, Melanie de Vales, Suely Bispo, Luciene Camargo, André Félix, Ivna Messina

Direção de Fotografia

Safira Moreira

Montagem

Bernard Lessa

Som

Hugo Reis

Compositor

Lucas Carvalho

Direção de Arte

Joyce Castello

Festivais

52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro