Sinopse

Por trás das aventuras que levam a ciência ocidental a definir o que é “um metro” e transformá-lo em uma medida “universal” que passou a delimitar e demarcar territórios, há uma outra história mais ampla que qualquer metragem. Uma história que associa a determinabilidade das coisas a uma conquista violenta sobre essas coisas e sobre pessoas transformadas em coisas. Os realizadores Sasha Litvintseva e Beny Wagner produzem aqui um filme que distorce as medidas das imagens “reais” para re-demarcar essa história. (C. A.)

 

Sessão PGM 01 | Curtas – Exibido juntamente com Constante, Holocausto Sagrado e XAR – Sueño de Obsidiana.

Trailer

Direção

Beny Wagner, Sasha Litvintseva

Sasha Litvintseva e Beny Wagner são artistas, cineastas, pesquisadores e escritores. Trabalham de forma colaborativa desde 2017. Partido da imagem em movimento como instrumento para a produção ativa de novos mundos, a prática cinematográfica dos cineastas explora os limites entre o corpo e seu entorno, regimes de saber e poder e modos de organizar e perceber o mundo natural. Seus trabalhos, em colaboração ou individuais, foram exibidos ao redor do mundo.