Sinopse

Na contramão do imaginário socialmente estratificado em torno da epidemia da AIDS no Brasil, e da sorofobia cotidiana direcionada às pessoas que vivem com HIV, o documentário se lança no gesto de remodelar e se apropriar desses termos e imagens tão codificados, voltando-se para o olhar de sete artistas e um médico ativista sobre suas trajetórias, seus desejos e percepções. Junto às entrevistas que ancoram o filme, reverberando a provocação presente no título, reside a aposta nas formas e discursos artísticos como possibilidade de elaboração crítica e afirmação de vida no presente. *(C.I)

Vídeos

Direção

Fábio Leal, Gustavo Vinagre

Fábio Leal é diretor, roteirista e ator. Realizou os curtas-metragens "O Porteiro do Dia" (2016) e "Reforma" (2018). Atualmente desenvolve seu primeiro longa de ficção, "O Vale dos Homossexuais". Gustavo Vinagre graduou-se em Letras pela USP. É formado em roteiro pela EICTV, Cuba. Entre os filmes que dirigiu estão "Nova Dubai" (2014), "Lembro Mais dos Corvos" (2018), "A Rosa Azul de Novalis" (2019), "Vil,má" (2020), "Desaprender a Dormir (2021)".

Créditos

Produção

Dora Amorim, Júlia Machado, Fábio Leal, Gustavo Vinagre, Thais Vidal, Julia Alves

Roteiro

Fábio Leal, Gustavo Vinagre, Tainá Tokitaka

Elenco

Carué Contreiras, Ernesto Filho, Flip Couto, Kako Arancíbia, Marcos Visnadi, Micaela Cyrino, Paulx Castello, Ronaldo Serruya

Direção de Fotografia

Tiago Calazans

Montagem

Beatriz Pomar, Quentin Delaroche

Som

Juliana Santana, Nicolau Domingues

Compositor

Nicolau Domingues