Sinopse

Eram os anos 1990 em Río Tercero, pequena cidade localizada na província argentina de Córdoba. Na casa da família Garayalde, a 900 metros do rio e a 300 de uma fábrica militar, as crianças se divertem com um brinquedo novo: uma câmera de vídeo comprada para guardar los recuerdos. O que não se pode saber, ainda, é que essas memórias familiares acabarão entrelaçadas a um dos episódios mais escabrosos da história recente do país e serão o coração de um filme realizado com a delicada consciência de que as imagens sobrevivem aos corpos. *(L.B)

Trailer

Vídeos

Direção

Natalia Garayalde

Natalia Garayalde estudou Comunicação Social na Universidade Nacional de Córdoba, Argentina. Diretora do documentário "Esquirlas/Splinters" (2020), Prêmio de Melhor Diretora no 35º Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata, Prêmio Especial do Júri no 52º Visions du Réel, Grande Prêmio na Competição Internacional do 22º Festival Internacional de Cinema de Jeounju, Prêmio Fugas no 18º Documenta Madrid. Júri na Mostra Competitiva Internacional no 10º FICIC. Imprensa e Comunicação no Cortopolis – Festival Latino-Americano de Curtas-Metragens.

Créditos

Produção

Eva Cáceres

Elenco

Esteban Garayalde, Nicolás Garayalde, Carolina Garayalde, Gabriela Garayalde, Esther Rostagno

Montagem

Julieta Seco, Martín Sappia

Som

Federico Disandro

Festivais

Mar del Plata Int’l Film Festival
Visions du Reel
Jeonju Int’l Film Festival