Sinopse

Há décadas atuando na contramão da política de apagamento que incendeia e assombra a memória do cinema nacional, Eugenio Puppo revisita a formação de uma das mais notórias gerações de cineastas do país, explorando a estreita e inusitada relação entre uma encíclica papal e o surgimento do Cinema Marginal. Composto por um conjunto valioso de imagens de arquivo, o filme se torna uma verdadeira cápsula do tempo, capaz de fazer ecoar no presente (em um aceno direto para o futuro) as provocativas vozes e imagens de Reichenbach, Sganzerla, Mojica e tantos outros. *(C.M)

Direção

Eugenio Puppo

Fundador da Heco Produções, sediada em São Paulo desde 1994. Diretor, produtor e montador de quatro longas-metragens, entre eles Sem Pena (2014) - Melhor Filme pelo Júri Popular do 47º Festival de Brasília e Melhor Documentário da Crítica de 41º Festival de Melhores Filmes do SESC. Dirigiu mais de 20 mostras de filmes, incluindo Jean-Luc Cinema Godard (2015) e a Mostra de Cinema de Gostoso, que terá sua oitava edição em 2021.

Créditos

Produção

Matheus Sundfeld

Direção de Fotografia

Daniel Tancredi

Montagem

Eugenio Puppo

Som

Fábio Gonçalves

Compositor

Danilo Sene, Sarah Alencar

Festivais

BAFICI