Sinopse

Pressionado por uma dor nas costas e pela grana sempre curta, Tiago (interpretado por Okado do Canal) tem um encontro que reconfigura o que sabe sobre o próprio pai, tornando iminente uma crise em seu modo de ser. Ambientado entre a periferia de Olinda e a classe média recifense, o filme contrasta os dois mundos sem ignorar ou achatar a complexidade das relações humanas. Nesse universo em que pulsam as batidas do rap e a vida em comunidade, o que entrevemos nas rachaduras de um modelo de família em ruínas é a construção de uma outra masculinidade. *(C.M)

Vídeos

Direção

Fellipe Fernandes

Fellipe Fernandes é um realizador e jornalista nascido no Recife, no ano de 1988. Trabalhou como assistente de direção de cineastas como Kleber Mendonça Filho, Tavinho Teixeira e Renata Pinheiro. Seu primeiro curta-metragem como diretor e roteirista, "O Delírio é A Redenção dos Aflitos", estreou na Semana da Crítica do Festival de Cannes de 2016. Em 2019, seu segundo curta, "Tempestade", estreou na Mostra de Cinema de Tiradentes. "Rio Doce" é seu primeiro longa-metragem.

Créditos

Produção

Dora Amorim, Júlia Machado, Thais Vidal

Roteiro

Fellipe Fernandes

Elenco

Okado do Canal, Cíntia Lima, Cláudia Santos, Carlos Francisco, Nash Laila, Thassia Cavalcanti, Amanda Gabriel

Direção de Fotografia

Pedro Sotero

Montagem

Quentin Delaroche

Som

Lucas Caminha, Nicolau Domingues

Direção de Arte

Thales Junqueira