Sinopse

A partir das escrevivências de Juliana Jesus, o filme de Samuel Costa é o prelúdio de um novo registro para pensar uma visualidade negra em que imaginação e realidade não correspondem, necessariamente, a antíteses. “Atrás de um espírito livre existe sempre uma coluna envergada”, com esta frase o diretor traça a trajetória de uma filha – Juliana – que perdeu a mãe – Tereza, a mulher que levantou concreto. Entre as fases da dor divididas entre negação, raiva, negociação, depressão e aceitação, Costa anuncia que a gira não pode parar. *(K.M)

Ao adquirir este curta do Programa 01 você tem acesso aos curtas: A MÁQUINA INFERNAL, TEREZA JOSÉFA DE JESUS, SOB A MÁSCARA BRANCA: O FILME, QUE HAESAERTS PODERIA TER FEITO, SAÚDE!, OUÇA A BATIDA DAS NOSSAS IMAGENS

Vídeos

Direção

Samuel Costa

Samuel Costa nasceu e cresceu em Contagem, MG. Trabalhou por 5 anos em um Jornal mineiro, e saiu de lá querendo o mundo! Foi quando entrou para a Reuters, cobriu o massacre na Tahir Square no Egito e foi na maior favela do mundo no Kênia. Depois de mais alguns trabalhos voltou para o Brasil e começou a contribuir para Folha de SP. Foi quando abriu mão de tudo e entrou para a publicidade, como uma escola técnica para o cinema. No fotojornalismo descobriu que poderia ser a ponte entre esses dois mundos.

Créditos

Produção

Eduardo Rezende

Roteiro

Juliana Jesus

Direção de Fotografia

Samuel Costa

Montagem

Samuel Costa

Som

Eduardo Nogueira

Direção de Arte

Guilherme Claudino