Sinopse

“Está velha, velha, a mulher / incendiária / eterna iniciante”, diz um verso de Adrienne Rich, poeta que inspira o título desse filme em que uma lésbica incendiária, como todas as que vieram antes e todas as que vêm depois, se relocaliza no mundo a partir do encontro com um grupo de jovens lésbicas na cidade de Niterói. É esse corpo que se transforma em uma encruzilhada para celebrar o “seu tempo”, um tempo que é sempre agora e que conversa com as imagens de arquivo de todas as que já lutaram de dentro do desejo e as projeções de vida que surgem com outras combinações de amor. *(C.A)

Ao adquirir ingresso para qualquer um dos curtas-metragens, também estará disponível para você todos os curtas-metragens premiados.

Trailer

Vídeos

Direção

Érica Sarmet

Nascida em Niterói/RJ e radicada em São Paulo, Érica Sarmet é roteirista, realizadora e pesquisadora. Doutoranda em Meios e Processos Audiovisuais na ECA-USP, é mestre em Comunicação (Cinema e Audiovisual) e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF. Diretora e roteirista dos curtas "Latifúndio" (2017) e "Uma Paciência Selvagem Me Trouxe Até Aqui" (2021), atualmente desenvolve roteiro de longa-metragem de ficção para a MYMAMA e dedica-se à pré-produção de seu próximo filme, o documentário "Vollúpya".

Créditos

Produção

Lívia Perez, Silvia Sobral, Érica Sarmet

Roteiro

Érica Sarmet

Elenco

Zélia Duncan, Bruna Linzmeyer, Camila Rocha, Clarissa Ribeiro, Lorre Motta

Direção de Fotografia

Cris Lyra

Montagem

Clarissa Ribeiro, Bem Medeiros

Som

Mariana Graciotti

Compositor

Natália Carrera

Direção de Arte

Lívia Charret