Seminário

Masterclass: Radu Jude Esboços de Uma Poética Inconformista

13/10/21 - quarta-feira | 16:00

Radu Jude se interessa por filmar a História romena (e, portanto, europeia) e não se circunscreve às décadas durante as quais o cretino insosso Nicolae Ceaușescu dominou os desígnios de seu povo – pode ser durante o século XIX, os dias antecedentes à Segunda Guerra Mundial, ao longo da ditadura de Ceaușescu ou, ainda, na atualidade selvagemente imersa em uma economia de mercado. Sempre existem minorias, sempre se praticam injustiças. O desprezo aos judeus, aos ciganos ou aos dissidentes define a retórica fascista que permeou o seu país. Ele sabe disso e o filma uma e outra vez, como se ao fazê-lo pudesse evocar a sedução produzida pelo pensamento reacionário. A Masterclass abordará as estratégias poéticas do diretor para indagar sobre a relação do passado com o presente através de arquivos diversos, como também os procedimentos de reconstrução histórica de um período e a abordagem consciente de se filmar um relato no presente que nunca deixa de estar conectado ao passado. Serão analisados, a título de exemplo, alguns de seus filmes mais conhecidos, além de se tentar elucidar o que significa fazer um cinema político no século atual.

Mediação

Roger Alan Koza

Roger Koza é crítico de cinema no jornal La Voz del Interior e também publica regularmente nas revistas Ñ e Quid. Responsável pelo site conlosojosabiertos.com, atualmente, dirige o programa de televisão El cinematógrafo (Canal 10 da Universidad Nacional de Córdoba) e é apresentador do Filmoteca (Televisión Pública de Argentina). Desde 2006, é programador da mostra Vitrina, dedicada ao cinema ibero-americano, do Festival de Cinema de Hamburgo. De 2011 a 2018, foi programador do FICUNAM, México.

Palestrante

Radu Jude

Radu Jude é um diretor e roteirista romeno. Ele estudou cinema em Bucareste e começou sua carreira como assistente de direção. Em 2006, realizou o curta “The Tube With a Hat”, vencedor de mais de 50 prêmios internacionais. O filme de estreia de Jude, “The Happiest Girl in The World” (2009), foi selecionado para mais de 50 festivais internacionais de cinema. Na sequência vieram os filmes “Aferim!”, “Scarred Hearts” e “Everybody in Our Family”, vencedores de diversos prêmios.