MINISTÉRIO DA CULTURA  apresenta

Oficinas

As oficinas do Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba tem o intuito de expandir e aguçar os sentidos de seus participantes para as mais variadas facetas do cinema e proporcionar uma experiência a mais durante os dias do festival.

Inscrições até 23 de maio em https://bit.ly/2I1rdRE

11 a 13 de junho - 9h30 às 12h30

Esta não é uma oficina de Roteiros

A Narrativa Cinematográfica – escrever imagens, entender imagens
Intenção x Obstáculo – O coração da dramaturgia
Personagens – Arcos, diálogos, características e construção Narrativa,
Trama e estrutura
Os softwares para edição de um roteiro
Metodologia: Ideia-Argumento- Escaleta-Roteiro
Gêneros e suas derivações
Encontrar sua própria voz artística

Saiba mais sobre

Sobre

A Narrativa Cinematográfica – escrever imagens, entender imagens
Intenção x Obstáculo – O coração da dramaturgia
Personagens – Arcos, diálogos, características e construção Narrativa,
Trama e estrutura
Os softwares para edição de um roteiro
Metodologia: Ideia-Argumento- Escaleta-Roteiro
Gêneros e suas derivações
Encontrar sua própria voz artística

Palestrantes


William Biagioli é produtor, roteirista e direto. Fez a produção e a curadoria das retrospectivas de Stanley Kubrick, Jacques Tati, Luiz Sergio Person e de Jean Pierre Melville. Além disso,  roteirizou e dirigiu os curtas-metragens Curitiba: a maior e melhor cidade do mundo e O Estacionamento. Seus curtas foram exibidos em importantes festivais do mundo como Entreveus Belfor, Cartagena, Festival do Rio, Curta Cinema e também na Cinemateca Francesa. Desde 14 de novembro de 2014 é pai do Santiago.

Esta não é uma oficina de Roteiros

Data e Horário: 11 a 13 de junho - 9h30 às 12h30 Local: Sesc Paço da Liberdade
7 e 8 de Junho - 9h30 às 12h30

Produção sonora para filmes de animação e ficção

Esclarecimento dos aspectos técnicos envolvidos na etapa de produção sonora do filme.
A música no filme de animação.
O uso dos efeitos sonoros no filme.
O que é, e qual a importância dos Ruídos de Sala. (Foley)
Escolha e manuseio de materiais cotidianos para efeitos sonoros diversos.
Escolha de efeitos extraídos de uma biblioteca de som
Técnica de trabalho para simulação de ambientes sonoros.
Noções teóricas basicas sobre o trabalho, com programas de gravação e edição de áudio
digital em computador.
Noções sobre o que é, e como trabalhar a edição de som.
O que é e como funciona a sincronização de som.
Orientações sobre a etapa de mixagem e noções de pós-produção: finalização,
masterização.

Saiba mais sobre

Sobre

Esclarecimento dos aspectos técnicos envolvidos na etapa de produção sonora do filme.
A música no filme de animação.
O uso dos efeitos sonoros no filme.
O que é, e qual a importância dos Ruídos de Sala. (Foley)
Escolha e manuseio de materiais cotidianos para efeitos sonoros diversos.
Escolha de efeitos extraídos de uma biblioteca de som
Técnica de trabalho para simulação de ambientes sonoros.
Noções teóricas basicas sobre o trabalho, com programas de gravação e edição de áudio
digital em computador.
Noções sobre o que é, e como trabalhar a edição de som.
O que é e como funciona a sincronização de som.
Orientações sobre a etapa de mixagem e noções de pós-produção: finalização,
masterização.

Palestrantes

Alexandre Jardim. Responsável pela área de som e Mixagem do CTAv, (Centro Técnico Áudio Visual) do Ministério da Cultura. Já mixou mais de 50 longas metragens e mais de 100 curtas metragens. Formado em Produção Fonográfica pela Estácio de Sá. . Começou no cinema em 1984. Conta com uma vasta experiência em Mixagem, Edição de som, Restauração de som e Foley para Cinema e TV. Já participou como Jurado em Festivais e realizou oficinas de som para cinema de animação e ficção.

Produção sonora para filmes de animação e ficção

Data e Horário: 7 e 8 de Junho - 9h30 às 12h30 Local: Sesc Paço da Liberdade
11 a 13 de junho - 9h30 às 12h30

Oficina básica de cinema de animação

Princípios da animação segundo Disney e Norman Mclaren.
Animação experimental.
Linguagem cinematográfica e as especificidades de linguagem do cinema de animação.
Desenho animado, stop motion e pixilation.

Saiba mais sobre

Sobre

Princípios da animação segundo Disney e Norman Mclaren.
Animação experimental.
Linguagem cinematográfica e as especificidades de linguagem do cinema de animação.
Desenho animado, stop motion e pixilation.

Palestrantes

Sérgio Arena. Fotógrafo e diretor de animação, responsável pelo núcleo de animação do CTAv.

Oficina básica de cinema de animação

Data e Horário: 11 a 13 de junho - 9h30 às 12h30 Local: Sesc Paço da Liberdade

Newsletter

Cadastre-se e mantenha-se informado sobre tudo que acontece no Olhar de Cinema.